quarta-feira, 22 de julho de 2009

Relógio para quarto de criança


13 comentários:

  1. Óla,Paula adorei o relogio!
    Podia-me mandar o grafico,Se faz favor?!
    Beijinho,Obrigada!

    ResponderEliminar
  2. lindo,lindo!

    tens um selo para ir buscar ao meu blog!

    bjsssssss

    ResponderEliminar
  3. Quanta coisa linda!!! Adoro passear pelo seu blog fofo!!!

    Beijokas e pipokas,
    Rô Papoulla

    ResponderEliminar
  4. parabens pelos sesus trabalhos!

    ResponderEliminar
  5. poderia arrajar o 1º grafico de casamento?
    obrigada helena (lenaperdigao@sapo.pt)

    ResponderEliminar
  6. Paula
    Obrigada pela boas vindas ao nosmulheres.
    Não resisti e dei uma espreitadela nos teus trabalhos e adorei. Também eu sou amante de ponto cruz, mas faço outros trabalhos de artesanato, se quiseres podes visitar o meu blog, vou adorar a tua visita.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. O relógio ficou muito fofo. Parabéns
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Que trabalhos giros em ponto cruz, ficam muito giros mas eu não tenho paciencia para fazer, gosto mais de outro tipo de artesanato. Mas adoro ver o resultado.
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  9. Olá a todas!
    Não entendo nada destas artes, mas sei apreciar. Parabéns.
    Acabei de chegar aqui. Descobri este blog por causa de um artigo sobre "mães a tempo inteiro". Eu defendo que os filhos só têm a ganhar com a presença da mãe em casa, nem que esta trabalhe a tempo parcial.
    Também não consigo encaixar isso da divisão da licença de maternidade, numa altura em que a figura materna é fundamental.
    Estamos num estado de direito, pelo que a escolha deve caber exclusivamente ao casal. À mãe deve ser dado o pleno direito de acompanhar a vida de um filho, sem que tal acarrete a perda de outros direitos já conquistados.

    O assunto que me traz tem a ver com a guarda conjunta. Os pais querem que, por sistema, um casal recém separado divida a guarda e o poder paternal (hoje fala-se em responsabilidade parental). Mais uma vez, eu acho que um juíz deve ter sensibilidade, e seguir a opção do casal. Se um e outro não chegarem a acordo, deve prevalecer a mãe, a menos que a vontade da criança seja outra (desde que fundamentada), ou a mãe não reúna o MÍNIMO (uma boa dose de amor supera outras regalias) de condições.

    A quem esteja interessado, deixo aqui a minha petição, em resposta à petição dos pais:

    http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N575

    ResponderEliminar
  10. Não tenho jeito nenhum para a coisa, mas sei apreciar. E lá de vez em quando posso precisar de uma dicas:)

    O meu assunto, porém, é outro:

    Trata-se de decidir sobre a guarda dos filhos, em caso de separação: guarda à mãe (que é normalmente, a figura de referência da criança), ao pai (que é, muitas vezes, aquele que oferece melhores condições), ou conjunta? Pode um juíz decidir por esta última, contra a vontade de um casal que acaba de se separar? Pode decidir pelo pai, ainda que nada haja a apontar à mãe?

    Palavras sábias de um pai que ganhou, em tribunal, a custódia dos filhos: A tutela dos filhos é um empreendimento para a vida; não pode ser gerido por dois sócios que não se entendem. As pessoas não conseguem deixar de usar o seu poder para anular decisões e exercer pressões. É preferível que só um dos pais tenha a tutela, por muito que isso custe ao outro. A educação de uma criança não é passível de falhas.'

    Ponhamos a mão na consciência: se a lei não permite que se separe as crianças de junto dos seus pais, mesmo que estes vivam em fracas condições, porque razão há-de um juíz atribuir a guarda ao progenitor que ofereça melhores condições? É este o superior interesse da criança?!

    Eis a minha petição pela salvaguarda daquilo que eu entendo ser um direito NATURAL das mães (desde que estas tenham o MÍNIMO de condições e se revelem BOAS -mas não perfeitas, claro- mães).

    http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N575

    ResponderEliminar
  11. Olá Paula!
    Passei para desejar que esteja tudo bem consigo e deixar um beijinho.

    ResponderEliminar
  12. Convido-te a visitar os meus blogs, já renovados:

    -FRUTO DO MEU VENTRE, AMOR DA MINHA VIDA;
    -CARPE DIEM;
    -O HOMEM SONHA, A OBRA NASCE

    Encontrarás lá informações úteis sobre a Casa destinada às Mães, um projecto que precisa de votos para ser aprovado (pelo que entendi, este projecto estende-se também ao Brasil)e também as minhas petições (algumas delas são muito recentes, e uma delas não é minha), dirigidas principalmente às mães.

    Aguardo a tua visita, e um comentário teu. Se te agradarem, adere. Serás muito benvinda:)))

    ResponderEliminar
  13. Lindona os teus trabalhos são lindissimos

    ResponderEliminar